Salve a Serra do Gandarela

A magnífica Serra do Gandarela fica no Brasil, no Estado de Minas Gerais, a 50 km de sua capital Belo Horizonte, e está seriamente ameaçada pela Vale S.A. e outras empresas de mineração. É um lugar com beleza espetacular, milhares de nascentes, dezenas de cachoeiras, maior aquífero profundo intacto da região, águas de qualidade, segunda maior área contínua da “Mata Atlântica”, vegetação exuberante, riqueza de biodiversidade (fauna e flora endêmicas e em extinção), alta qualidade do ar, mais de cem cavernas, incluindo pelo menos uma paleotoca (utilizada por animais da megafauna pré-histórica, extinta há 10 mil anos) e um importante patrimônio cultural nas comunidades do entorno. Defendemos sua proteção integral, que não está garantida pelo Parque Nacional criado em 2014, e por causa disso estamos lutando há 13 anos pela sua preservação.

 

 

Nesta Vídeo Aula Nº 01, a ambientalista Teca (Maria Teresa Corujo) fala do Quadrilátero Ferrífero-Aquífero em Minas Gerais (Brasil) e a Serra do Gandarela, única intacta de atividades minerarias, a partir de um mapa com as áreas impactadas pela mineração.

 

Assista e entenda a importância da Serra do Gandarela.

 

Foto da Serra do Gandarela fica em 2º lugar na etapa internacional do concurso “Wiki Loves Earth” da Wikipedia

A foto da Serra do Gandarela de Robson de Oliveira, fotógrafo profissional, morador do município de Raposos em Minas Gerais/Brasil e integrante do Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela, que no ano passado ganhou o concurso nacional da Wikpedia,  ficou em segundo lugar na  etapa internacional, que se chama “Wiki loves Earth” (Wiki ama a Terra), cujo resultado foi divulgado no último dia 19 de maio.  Na publicação menciona o Parque Nacional da Serra do Gandarela, Unidade de Conservação criada em 2014 na região.

Veja essa foto e as demais no link:

https://wikilovesearth.org/posts/

 

Dia Mundial da Água 2022

Hoje, Dia Mundial da Água, é importante denunciar a insensatez e irresponsabilidade em relação a esse bem natural essencial à vida, alertar sobre o descompasso total na relação da humanidade com as águas e fazer um reconhecimento de gratidão aos povos que tratam a água como sagrada e preservam a natureza.

O ato “Salve as Águas da Serra do Gandarela” realizado no domingo (28) foi muito especial. Apesar da neblina e chuva no começo da manhã, cerca de 120 pessoas participaram, entre elas muitas crianças. O Projeto Apolo da Vale e os diversos e graves impactos locais e regionais previstos foram apresentados em mapas. Estar no mirante do Parque Nacional da Serra do Gandarela, lugar sagrado de vida, fortaleceu a certeza de que não faz o menor sentido ela vir a ser minerada, como a Vale quer.

Se junte a esta causa.



Ato em defesa das águas

https://www.facebook.com/averdadesobreapolo

Instagram: @averdadesobreapolo

Impactos negativos do Projeto Apolo

Ótima exposição do geólogo Paulo Rodrigues, professor e pesquisador do CDTN/CNEN, sobre os muitos impactos negativos que o Projeto Apolo, pretendido pela Vale na Serra do Gandarela, poderia causar à segurança hídrica de Caeté e de várias outras cidades da região. 

https://www.facebook.com/averdadesobreapolo

Instagram: @averdadesobreapolo

28/11 (domingo) 🔊

Na Serra do Gandarela é dia do ato em defesa das águas, essenciais para Caeté, Raposos, Rio Acima, Santa Bárbara, Belo Horizonte, rio das Velhas e rio Piracicaba. 💦

❌ANOTE NA SUA AGENDA. PARTICIPE.

#vempraserradogandarela

ATENÇÃO
A maior e última caixa d´água intacta no Quadrilátero ESTÁ SOB AMEAÇA.
A Vale começou o processo de licenciamento da MINA APOLO para minerar a SERRA DO GANDARELA.
Sua voracidade não tem limites. Segue impune após assassinar 272 pessoas em Brumadinho, causa enorme sofrimento com suas barragens e insiste em destruir todas as nossas serras, águas e vidas.

Junte-se a esta causa.

GANDARELA: LUGAR ENCANTADO AMEAÇADO PELA VALE
Este vídeo foi feito por Lilian que ama a Serra do Gandarela e registrou em fotos e vídeos sua expedição em 2/4/2021, e cedido por ela ao Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela para ajudar na defesa deste lugar encantado ameaçado pela Vale.
Em março de 2021 a Vale iniciou junto ao Estado sua solicitação de licença para o projeto Apolo e em 4/9/2021 os documentos foram formalizados junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, mas até esta data ainda não está formalizado como processo de licenciamento.
Assim, esta doação da Lilian chegou em boa hora para ajudar na divulgação da nova tentativa da Vale de destruir a Serra do Gandarela, que vem tentando desde 2007 de diversas formas.


GRATIDÃO LILIAN!
Mesmo conhecedora da relevância ambiental, paisagística e, em especial, hídrica para os municípios do entorno (Caeté, Raposos, Rio Acima, Barão de Cocais e Santa Bárbara), para Belo Horizonte e sua Região Metropolitana e para os rios das Velhas (bacia do Rio São Francisco) e Rio Piracicaba (bacia do Rio Doce), a Vale insiste no seu projeto Apolo.
E, mesmo sabendo que seu projeto está no entorno imediato do Parque Nacional da Serra do Gandarela, cujos limites não são os que deveriam ser por intervenção da mineradora junto aos diversos poderes municipais, estaduais e federais (entre 2009 e 2014), a Vale omite em seus estudos sobre o projeto Apolo a magnitude dos impactos a essa Unidade de Conservação, tão importante para a RMBH (devido à sua proximidade) e para Minas Gerais.
Diante disso, seguimos na luta, como fazemos desde 2007.
Junte-se a nós!
Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela
28/09/2021

A paleotoca da Serra do Gandarela

Na Serra do Gandarela existem mais de 100 cavidades naturais e uma delas, bem no alto da serra, é uma paleotoca, que é uma toca cavada por animais da megafauna que viveram na Terra milhões de anos, depois do fim dos dinossauros, e estão extintos há cerca de 10 mil anos. Neste vídeo o Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela apresenta informações sobre a sua importância e as ameaças a esse patrimônio, em especial da mineradora Vale.

Calendário 2020

Clique na imagem e faça o download

 Clique na imagem e acesse! 

A Serra do Gandarela continua seriamente ameaçada

A ameaça é a mesma há 13 anos: a cobiça, em especial da empresa Vale,  em minerar a única serra intacta no Quadrilátero Aquífero-Ferrífero.